Oncologia: Raças de cães que sofrem de câncer

Oncologia: Raças de cães que sofrem de câncer

Oncologia: Raças de cães que sofrem de câncer

Embora esta doença possa afetar qualquer animal de estimação, existem algumas raças de cães que sofrem de câncer com mais frequência do que outras, estar informado sobre as possíveis doenças que os cães podem sofrer é essencial para que ele receba o tratamento adequado e no tempo certo.

1. Boiadeiro de Berna


A expectativa de vida de um cão desta raça é de aproximadamente oito anos porque ele é muito vulnerável ao câncer, especificamente a histiocitose, uma das formas mais agressivas dessa doença.

Quando o Boiadeiro de Berna – foto que abre este artigo – é diagnosticado com câncer, a doença pode afetar seus pulmões e linfonodos, fígado, medula óssea, sistema nervoso central ou baço. Neste último caso, os veterinários optam por removê-lo, mas a doença continuará a existir e passará para outros órgãos.

A única maneira de prevenir o câncer em um Boiadeiro de Berna é através de uma revisão veterinária regular. O profissional pode detectar sinais da doença antes que ela se espalhe demais pelo corpo.

2. Boxer


Outra das raças de cães mais vulneráveis ​​ao câncer é o boxer, principalmente o de pele (mastocitoma) ou nos linfonodos (linfoma ou linfossarcoma). Essas doenças geralmente aparecem em espécimes adultos, com mais de oito anos de idade, Tanto o câncer quanto os tumores são as principais causas de morte do boxer, mais do que em qualquer outra raça.

3. As raças de cães que sofrem mais câncer: Bulmastife


Esta raça de cães grandes também é uma das mais propensas ao câncer, principalmente em termos de linfoma e o aparecimento de tumores de mastócitos, ambos de natureza hereditária.

O linfoma é um tipo de câncer caracterizado pela proliferação de linfócitos malignos em certos órgãos, como linfonodos, fígado, baço ou medula óssea. Em alguns casos, também pode afetar a visão, o trato intestinal ou a pele.

4. Schnauzer gigante


Além dos cuidados que essa raça exige devido ao seu tipo de pelo e à produção excessiva de baba, é muito importante levar periodicamente o schnauzer gigante ao veterinário para descartar a ocorrência de doenças mais graves.

Esta raça é propensa a muitos problemas oculares e doenças dérmicas, incluindo o câncer de pele, principalmente em exemplares com pelo escuro.O melanoma nas extremidades e o carcinoma nas almofadas das patas são mais frequentes do que se pensava anteriormente.

Esta raça é propensa a muitos problemas oculares e doenças dérmicas, incluindo o câncer de pele, principalmente em exemplares com pelo escuro.O melanoma nas extremidades e o carcinoma nas almofadas das patas são mais frequentes do que se pensava anteriormente.

Em alguns casos, eles também podem desenvolver tumores de pele cancerígenos ou não cancerígenos.

5. Poodle


A última das raças de cães que mais sofrem de câncer nesta lista é o famoso poodle, em todos os seus tamanhos (do mini ao padrão). Uma das principais causas de morte do poodle é essa doença. Além disso, o poodle é propenso ao aparecimento de um câncer que se origina nas patas e depois se espalha por todo o corpo.

Se você decidiu adotar ou ter um cão de qualquer uma dessas raças em casa, é muito importante que faça visitas regulares ao veterinário.Dessa forma, o câncer será detectado nos estágios iniciais e será mais fácil tratar ou pelo menos estender e melhorar a expectativa de vida do animal.
Autor Avatar

Sobre O Autor